Fies 2015 para medicina

Agora temos o Fies para Medicina 2015 que passou a ser um novo recurso disponibilizado pelos bancos em parceria desse programa, e que também vai facilitar demais o acesso do jovem a esse curso bem concorrido.

fies para medicina Fies para Medicina 2015

Sabemos que a medicina é um curso caro e que particular é bem difícil de pagar, mas a gente tem que tentar mesmo, caso contrário a gente não consegue pagar e fazer. Muitos têm como sonho cursar esse ensino, para poder se formar como um médico especialista depois. Mas para isso o custo é alto, temos que entender melhor para saber como funciona o Fies 2015 para medicina.

O FIES para fazer medicina vai disponibilizar o acesso de muitos jovens a esse curso. E isso é muito bom por que acaba facilitando para muitas pessoas mesmo, então temos que aproveitar a oportunidade, depois à gente começa a pagar somente quando termina o curso, e os bancos tem inúmeras formas de permitir o pagamento desse financiamento. Por isso entenda mais como esse novo beneficio está pronto para facilitar a sua vida, por que hoje em dia não é barato um curso superior. Um de medicina então ai que não é barato mesmo, então a gente tem que tomar cuidado com essas questões.

Entenda que para você fazer o FIES 2015 para medicina é importante entender como funciona, fazer uma simulação, dessa forma podemos entender se aquele programa realmente será interessante para resolver os nossos problemas. Hoje já temos muitos e muitos alunos que estudam graças a esse programa, então se a gente não aproveita o mesmo não tem como. Outro fator importante é entender se sua faculdade aceita esse programa.  Veja as indicações abaixo para dar andamento nesse programa:

• Saiba se a faculdade que você pretende fazer medicina se ela aceita o programa.

• Faça a simulação e consulta dos cursos e instituições pela internet: http://sisfiesportal.mec.gov.br/pesquisa.html

Dê entrada o quanto antes, por que o processo é burocrático, e pode demorar um pouco para sair. Você tem que levar uma seria de documentação importante para dar entrada nesse programa. Mas a aprovação sempre sai antes do semestre começar, para que você tenha a tranquilidade de iniciar o curso já com esse financiamento, por isso fique de olho, não deixe faltar nenhum documento, pois quanto mais cedo você levar tudo certinho mais cedo termina o processo e você já pode fazer a sua inscrição também, para poder fazer o seu curso em medicina usando o FIES 2015, depois o pagamento ocorre depois da conclusão do mesmo.

Veja se o Fies 2015 Precisa de Fiador

O FIES 2015 (Programa de Financiamento Estudantil) é um programa do Ministério da Educação (MEC) que fomenta cursos superiores de universidades particulares a estudantes regularmente matriculados nessas instituições que não possuem condições de pagar seu curso. Confira se para fazer as inscrições do Fies 2015 precisa de Fiador e mais detalhes.

fies fiador Fies 2015 Precisa de Fiador?

Para solicitar esse financiamento do FIES 2015 os estudantes de graduação de universidades particulares com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) são os habilitados a receber o financiamento. Ao contrário, não pode se inscrever no FIES os estudantes em situação de trancamento de curso no momento da solicitação; os que já foram beneficiados com o FIES; os estudantes cuja renda familiar mensal bruta  per capita seja inferior a 20%; e aqueles cuja renda familiar seja superior a 20 salários mínimos.

O FIES foi criado em 1999 e também ajuda bolsistas parciais do PROUNI a financiarem seus estudos. Há também a possibilidade do FIES financiar cursos de mestrado e doutorado e cursos técnicos se houver disponibilidade e autorização do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), mas as regras seriam diferentes.

Anteriormente, os estudantes que se inscreviam no FIES precisavam de fiador. Atualmente não é necessário um fiador, mas a decisão final fica a cargo de cada instituição de ensino superior que participa do FIES.

O cadastro do FIES 2015 poderá ser feita em qualquer data, basta acessar o site e se cadastrar. Lembrando que os que concluíram o ensino médio a partir de 2010, deve participar do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) para poder se inscrever no FIES 2015. Para conseguir participar do FIES também é preciso se cadastrar e participar de um processo seletivo. O prazo de pagamento do Fies também aumentou, podendo ser pago até o dobro do tempo cursando na instituição, ou seja, se você fez um curso de 4 anos, poderá pagar até 8 anos e por ai vai.

A taxa de juros do Fies 2015 também foi reduzida, atualmente essa taxa é de 3,4% ao ano para todos os cursos. Para conseguir o financiamento, o candidato precisa cumprir os requisitos determinados pelo programa, entre esses requisitos estão: o candidato está com renda compatível, não ter sido beneficiado anteriormente com o FIES e não possuir inadimplência com o Programa de Crédito Educativo.

No caso do fiador citado acima, este é exigido apenas ao candidato que não tenha renda OUA renda familiar per capita é inferior a um salário mínimo. O candidato fica isento de fiador se possui até um salário mínimo e meio.  O FIES 2015 é operacionalizado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Outra novidade necessária é o pagamento prévio de matrícula e outras taxas que antes eram cobradas no ato da inscrição. Mais informações acesse o site oficial do Fies pelo seguinte link: www.sisfiesaluno.mec.gov.br.

Recadastramento SISFIES Conhece o SISFIES? Este é um sistema online do FIES (Fundo de Financiamento Estudantil) e que para quem já participa deste fundo precisa inclusive fazer seu recadastramento. Conheça mais sobre este fundo e seu sistema e como fazer o recadastramento do SisFies.

sisfies recadastramento SISFIES Recadastramento

De acordo com o acordo entre Ministério da Educação (MEC) e as instituições de ensino que aderiram ao FIES todos os alunos que já participam do FIES assim como os interessados em participar deve fundo deverão providenciar seu recadastramento no SisFIES, o sistema eletrônico. Neste ano este recadastramento começou a ser feito em fevereiro. No caso de quem já se cadastrou precisa entrar no site do SISFIES e fazer seu Login e senha. Este recadastramento é chamado também de Aditamento que é a confirmação do interesse do estudante em utilizar o programa para mais um semestre, ou seja, a renovação e atualização do contrato. Mas, para quem não sabe o FIES é um fundo de financiamento que tem natureza contábil e é destinado à concessão de financiamento a estudantes que estão regularmente matriculados em cursos superiores não gratuitos e que tem avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC, ou seja, os cursos que o aluno estiver matriculado preciso ser privado e ter avaliação positiva pelo MEC. O Fies também é oferecido ao estudante de cursos de educação profissional e técnica de nível médio e também aos estudantes matriculados em programas de mestrado e doutorado que tem avaliação positiva no MEC, mas no processo de seleção é dado prioridade aos alunos de cursos de graduação. Para conseguir o contrato de financiamento do SISFIES começa com a inscrição no SISFIES que é feito pelo site do sistema em http://sisfiesaluno.mec.gov.br/seguranca/principal e se for à primeira vez que estiver fazendo isso entra no campo lateral chamado “Primeiro Acesso”. Informa-se seu CPF, data de nascimento, e-mail, se cadastra uma senha e digita um código de verificação fornecido pelo site para continuar no seu cadastro. Depois, os demais acessos serão feitos através de CPF e senha.  Após finalizar o cadastro é enviado via e-mail uma mensagem para confirmar a inscrição que encaminhará novamente ao sistema do SISFIES para consolidar sua inscrição, informando outros dados pessoais, detalhes do curso, da instituição que está matriculado. Depois deste passo o estudante precisa validar as informações fornecidas do curso e deverá se encaminhar para a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da sua instituição de ensino. O último passo é a contratação do financiamento que é feita pelo Agente financeiro do FIES que é escolhido durante sua inscrição no Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal. O estudante deverá ir a uma agência de um desses bancos para formalizar a contratação do financiamento. Mais informações veja o site do FIES que tem o canal de comunicação ou procure na sua instituição de ensino o CPSA para mais informações e recadastramento do SisFies.

Faculdades participantes do FIES

Com certeza você já deve conhecer o FIES que é o Fundo de Financiamento Estudante (FIES) um programa do Ministério da Educação (MEC) que é destinado a financiar o estudante da graduação na educação superior que esteja regulamente matriculados em instituição que não sejam públicas. Estes estudantes podem recorrer ao FIES para poder continuar seus estudos que é sabido que dependendo da faculdade pode custar uma fortuna, a seguir você confere como saber as
faculdades que aceitam o FIES.

faculdades que aceitam fies Faculdades que aceitam o FIES

Para realizar este financiamento, primeiro você precisa ter passado pelo Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), estar matriculado em curso superior não gratuito e seu curso ser bem avaliado pelo MEC. Mas, nem todas as faculdades são contempladas pelo FIES. Então, antes de se matricular nesta ou noutra faculdade é bom pesquisar a faculdade que aceita o FIES como financiamento. Mas, como fazer esta pesquisa?

No próprio site do SISFIES (Ver em http://sisfiesportal.mec.gov.br) pesquise no ícone lateral esquerdo da página principal “Consulta de Cursos e instituições”. Depois, aparecerá um campo de busca, no qual você seleciona o Estado (UF), município, Instituição ou local de oferta para encontrar a faculdade que procura.

Em Minas Gerais, por exemplo, segue a lista de universidades que aceitam o FIES: Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-Minas), Faculdade IBMEC (cursos de administração e ciências Econômicas), Faculdades Anhanguera de Belo Horizonte (cursos de sistema de informação e Relações Públicas), Faculdade Estácio de Sá de Belo Horizonte, Centro Universitário Uma, estas faculdades todas em Belo Horizonte; Já em, Contagem, cidade mineira as instituições são a PUC de Contagem e Centro Universitário Uma; em Juiz de Fora, Faculdades Integradas Vianna Júnior, Faculdades Estácio de Sá, Universidade Salgado de Oliveira; na cidade de Betim, PUC Minas, Faculdades Pitágoras de Betim, Universidade Vale do Rio Verde; em Montes Claros, Faculdade de Ciências e Tecnologias de Montes Claros (FACIT), Faculdades Integradas do Norte de Minas (FUNORTE); em Uberlândia, Faculdade Pitágoras de Uberlândia, Universidade de Uberaba; e em Uberaba, a Universidade de Uberaba.

A Dica também é pesquisar não somente se a faculdade aceita o FIES, mas o curso que pretende fazer é atendido pelo FIES.

Além disso, as etapas de inscrição do FIES são bem trabalhosas. Após escolher o curso, se matricular, o aluno deve procurar saber se o curso ainda tem uma boa avaliação junto ao MEC. Depois ao aluno faz a sua inscrição através do SISFIES e depois desta inscrição, validar suas informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) na instituição de ensino. Após a validação das informações deverá comparecer a um agente financeiro do FIES em até 10 dias contados a partir do dia imediatamente posterior à conclusão da sua inscrição. Mais informações acesse http://sisfiesportal.mec.gov.br/inscricao.html.

FIES Cursos EAD

Sabe o que é o
FIES EAD? Vamos inicialmente à descrição do FIES que é o Fundo de Financiamento Estudantil que é oferecido aos alunos devidamente matriculados em faculdades não gratuitas e o curso tenha uma boa avaliação pelo Ministério da Educação (MEC). Já o EAD são os cursos à distância, uma modalidade de educação mediada por tecnologias e que, com os novos tempos tem sido bem comum no Brasil ainda mais em regiões de difícil acesso que não tem acesso a cursos e profissionais para repassarem conhecimento. Saiba se existe o FIES EAD para cursos a distancia.

fies ead FIES EAD   Cursos, Inscrição
Muitos alunos por estes e outros motivos adotam os cursos não presenciais, mas precisa saber que até então, se deseja recorrer ao FIES para financiar seu curso EAD este ainda não é feito para os cursos não presenciais, mas tudo indica que em breve teremos o FIES EAD para cursos à distância.

Por isso, se tem problemas financeiros e precisa de um financiamento para seu curso terá que optar pelo curso presencial não gratuito. Para se inscrever os interessados devem acessar o link  http://sisfiesportal.mec.gov.br que é o site do FIES e que permite não só fazer a sua inscrição como ter acesso a diversas informações e serviços do FIES. Entre os temas que são possíveis acessar informações sobre o FIES, inscrição, condições de financiamento, perguntas frequentes, consultas de cursos e instituições, faça sua inscrição, legislação, renegociação, contato, publicidade, abatimento de 1% de professor, entre outras informações e serviços.

Existem alguns requisitos para participar do FIES que são: além de estar matriculado no curso de graduação não gratuito presencial, tem que ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) do ano anterior ou ano posterior; o curso em que esteja matriculado tenha avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) e a instituição em que o aluno está matriculado preciso estarem devidamente cadastrada no sistema do FIES. Outros requisitos são quanto à renda familiar do candidato do financiamento, que deve ser de no máximo de até 10 salários mínimos, neste caso o financiamento pode ser de 100% para candidatos que possuem 60% ou superior o comprometimento da renda familiar per capita para os encargos profissionais; para 75% do financiamento, só para estudantes que possuem  gastos de renda familiar por pessoa de 40% ou mais com os gastos educacionais; e 50% de financiamento, para estudantes que podem investir mensalmente igual ou menor da renda familiar em 40% da renda familiar per capita com os gatos educacionais. Há também a possibilidade do financiamento aos estudantes com renda familiar entre 10 a 15 salários mínimos e nestes casos o financiamento pode ser de 75% do financiamento ou de 50% do financiamento, mais informação não deixe de acessar o site do FIES no link acima.

Conhece o FIES?

Clique +1 se participa ou vai participar do FIES:
Google+

Como se Inscrever no FIES