Fies Brasil Simulação

Simular Fies Brasil

O Fies, fundo de financiamento estudantil, é um programa criado pelo governo federal para incentivar a entrada de mais pessoas na educação superior, em parceira com o ministério da educação, o MEC e os bancos oficiais do país, que são o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal. Milhares de pessoas já tiveram sua entrada na educação superior, com a ajuda do Fies. Hoje, o Dicas Diárias vem lhe ensinar como fazer a sua simulação do Fies, usando as simulações financeiras disponíveis no portal do MEC, na internet. Além disso, iremos lhe explicar os prós e os contras de se fazer um financiamento no fundo de financiamento estudantil.

Antes de mais nada, nós temos de lembrar aos estudantes que pretendem cursar uma educação superior numa universidade privada ou numa faculdade particular, que o financiamento não é uma ajuda de custo do governo e sim uma operação financeira que requer responsabilidade e tem taxas de juros a serem pagas, no fim de sua educação superior. Você irá contratar crédito como em qualquer outro financiamento. As regras estabelecidas para o financiamento do Fies Brasil são muito bem definidas. A sua taxa de juros é fixa e se tem um período de carência de 18 meses. O prazo que se tem para pagar o financiamento é de três vezes o tempo da sua graduação mais doze meses. O financiamento tem três etapas: utilização, carência e amortização. Ou seja, você deve confirmar o financiamento, atingir o período de carência e depois pagar o financiamento com juros de 3,4% ao ano. O cálculo do prazo é muito simples. Se sua graduação teve 5 anos de duração, você terá 15 anos e mais doze meses para pagá-lo (três vezes o tempo de utilização mais 12 meses).

Agora vamos ver como utilizar o simulador do Fies Brasil. Nesse simulador, o período de utilização é a etapa onde o financiamento cobre suas mensalidades, devendo-se apenas pagar uma taxa que equivale aos juros cobrados pelo financiador, que deve ser de, no máximo, R$50,00. A etapa seguinte do simulador compreende a etapa de carência. Nesse período, as mensalidades não são mais cobertas pelo financiador, que devem ser pagas no término do curso. É um período de 18 meses e tem as mesmas regras da etapa de utilização do financiamento. A terceira etapa da simulação cabe a etapa de amortização que é quando se calcula o saldo a ser pago, já com os juros aplicados. Um exemplo: se seu curso teve 6 anos de duração, você terá um ano e meio de carência e terá 16 anos para pagar, somando o período de carência e utilização, se terão 218 meses, ou seja, 218 parcelas a serem pagas. O simulador do Fies Brasil está disponível na página http://sisfiesportal.mec.gov.br/simulacao.php.

Comentário em Fies Brasil Simulação
  1. Jean | Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *