Fies – Taxas de Juros

Taxas de Juros do Fies

Atenção, alunos bolsistas do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior, o Fies. Este artigo é especialmente para vocês. E temos notícias boas! Frente a enorme taxa de inadimplência por parte dos inscritos no programa, a Caixa Econômica Federal resolveu dar um pequeno incentivo para os alunos bolsistas e fazer alguns ajustes significativos na taxa de juros do financiamento estudantil. Portanto, podem ficar frios, as taxas de juros do Fies caíram quase pela metade, este ano. As taxas de juros, que antes eram de 6,5% ao ano, agora são de 3,5% e essa mudança vale tanto para quem já tem o contrato firmado há algum tempo, quanto para quem pretende fazer o financiamento agora. São 500 mil alunos beneficiados pelas mudanças, em todo o país.

O objetivo da diminuição na taxa de juros do Fies, é fazer com que a taxa de inadimplência caia e que mais pessoas possa demonstrar interesse pelo programa, fazendo com que mais alunos ingressem numa educação superior privada. E também temos notícias boas, não só quanto aos juros, mas também quanto ao prazo de pagamento do financiamento. Agora, o prazo de quitação do contrato será não de duas, mas de três vezes o tempo de graduação. Ou seja, se você vai fazer um curso superior de cinco anos, você terá quinze anos para quitar a dívida. Boa notícia também para os alunos do curso de medicina que trabalhem no Programa Saúde da Família, o PSF e para os alunos de licenciatura que lecionam nas escolas públicas: redução de 1% na parcela do seu financiamento estudantil.

Mesmo assim, especialistas apontam alguns problemas quanto ao programa. Um deles é o de que o programa estaria perdendo seu caráter social, ao utilizar dos juros capitalizados. Uma vez que o programa deveria servir para que os alunos pudessem ingressar na faculdade privada, não para captar recursos. Apesar das medidas tomadas pela Caixa Econômica Federal, responsável exclusiva pela captação das prestações, esta ainda não é a solução. Por meio de algumas ações na justiça, alguns alunos têm reduzido suas parcelas, uma vez que os bancos não são autorizados a cobrar juros sobre juros que não estão em contrato, como é o caso do programa. Alguns alunos, inclusive, não recomendam o programa, uma vez que os juros aumentam o preço da mensalidade de maneira assustadora.

Portanto, se você está interessado em fazer um curso financiado através do Fies, observe bem as condições de pagamento, converse bem com o gerente, antes de assinar o contrato, para que a sua solução não se torne uma dor de cabeça no futuro. Procurar a educação pública ou federal, em primeiro lugar, é o melhor conselho para quem não tem condições de pagar uma faculdade particular. Estas devem estar sempre em instância de emergência.

Comentários em Fies – Taxas de Juros
  1. Mari Juliana | Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *